Escolha uma Página

Como você costuma armazenar os alimentos?

Você utiliza potes de vidro ou plástico?
Se a sua resposta for plástico, fique atenta no símbolo presente neste tipo de recipiente – parece um detalhe sem importância, mas identifica o material de origem.
Por exemplo, o triângulo com um número dentro identifica a origem do plástico:
 
Embalagens identificadas pelo número 1 são feitas a partir do Polietileno tereftalato. Uso: garrafas para água mineral e refrigerantes.
 
 
A sigla PEAD (Polietileno de Alta Densidade) é referente às embalagens para produtos químicos domésticos (limpeza)
 
 
Os plásticos PVC (Policloreto de vinila), também identificados por V, são empregados em tubos e conexões para água, lonas, calçados, brinquedos, bolsas de sangue e soro.
 
 
 
O Polietileno de baixa densidade (PEBD) é o polímero usado para produzir sacos de lixo e filmes em geral.
 
 
A sigla PP identifica o Polipropileno. Uso: embalagens para margarina, seringas descartáveis e utilidades domésticas.
 
 
O Poliestiremo (PS) é empregado no feitio de cabines de TV, copos descartáveis e embalagens em geral.
 
 
A classificação 7 é para as resinas plásticas, entre elas podemos citar o PC. É aqui que mora o perigo! O Policarbonato (PC) mais utilizado é o Bisfenol A (BPA) – substância usada na produção de potes plásticos para armazenar alimentos.
 
 
 O BPA tem sido associado a uma série de problemas, incluindo aumento do apetite, ganho de peso, diabetes, infertilidade, doença cardiovascular, doença hepática e até câncer de mama!
São ligados a desregulação hormonal, sendo proibidos em vários países. No Canadá, França, Dinamarca e Costa Rica, por exemplo, é proibido fazer uso desse elemento para a fabricação de mamadeiras.
No Brasil, o assunto ainda é pouco conhecido e discutido. Mas, independente das decisões governamentais ou da discordância entre pesquisadores, químicos e indústria, você pode tomar alguma atitude em relação a isso.
 
Lição de casa
Observe o fundo de garrafas e copos descartáveis, embalagens de sucos, potes de iogurte e embalagens que você usa para guardar alimentos. Evite utilizar recipientes tipo 7!
 
Para diminuir a exposição ao Bisfenol A, procure armazenar as sobras de alimentos em potes de vidro. O mesmo vale para aquecer seu almoço no micro-ondas (prefira recipientes de vidro!)
Ah, mais uma coisa: li algumas reportagens onde químicos sugerem evitar também o uso de plásticos coloridos. Segundo esses profissionais a tinta usada no material pode liberar resíduos que contaminam alimentos.
Fica a dica!
 
 

Pin It on Pinterest

Share This