Escolha uma Página
Oi saudáveis!
Ontem tive o prazer de receber no Mulher.Com o nutrólogo e doutor em Ciência dos Alimentos Edson Credidio. Ele falou sobre os benefícios das frurtas vermelhas. A entrevista foi fantástica!
Separei as principais dicas.
Vale a pena ler com atenção!
  
·         As frutas vermelhas se destacam por causa dos nutrientes de poder antioxidante (“limpam” o organismo dos radicais livres que podem causar danos celulares e dar início a processos patológicos);
·         Ajudam diminuir colesterol;
·         Previnem problemas cardiovasculares;
·         Aumentam a imunidade do organismo;
·         Proporcionam: brilho aos cabelos e fortalece unhas.
·         Estão sendo estudadas no combate ao câncer de próstata.
·         Apresentam a fisetina – substância que estimula a área do cérebro responsável pela memória de longo prazo. Previne Mal de Alzheimer. Especialmente o morango!
CONSUMO
– Pelo menos de três a quatro vezes por semana.
– Uma porção (o equivalente a uma xicara!)
– O ideal é higienizar as frutas antes do consumo. Sugestão: lavar em água corrente e deixar ‘de molho’ em uma mistura com água e sal (1 colher de sopa de sal em 1 litro de água)
Frutas vermelhas
Conheça um pouco de cada uma delas :

     Amora: Rica em vitaminas (A, B e C) e minerais (fósforo, potássio e cálcio). Ajuda combater doenças do coração e osteoporose. Aumenta a taxa de colesterol bom do sangue. É diurética e laxativa. Combate sintomas da tensão pré-menstrual (TPM).

         
Ameixa: Possui vitaminas, riboflavina e potássio. Indicada para pessoas que sofrem de prisão de ventre. Boa fonte de fibras.

            Açaí: Indicada para atletas. É a campeã brasileira no combate aos radicais livres. Mas cuidado, é bastante calórica! Antes de comprar o suco ou derivados da fruta certifique-se que houve pasteurização – o procedimento garante a destruição do elemento transmissor da doença de Chagas.

Cranberry: Indicado para pessoas com infecção urinária recorrentes – ajuda prevenir!

Fortalece sistema imunológico.

Caqui: Rico em fibras. Possui betaroteno, cálcio, fósforo.

    
 Cereja: Fonte de fibras e vitaminas A e C. Contém grande quantidade de sais minerais. Excelentes fontes de silício e provitamina A. As cerejas mais escuras contêm mais ferro, magnésio e potássio. Indicadas para o bom funcionamento das articulações. Protege contra as doenças cardiovasculares.

     
 Framboesa: Como as folhas contêm tanino, possui um efeito antidiarreico e anti-inflamatório. Rica em vitaminas.

     Maçã: Possui ácido málico que estimula as funções cerebrais.

Auxilia na absorção da vitamina C no organismo. Fonte de fibra (pectina) – ótima para o funcionamento do intestino.

      Melancia: Possui uma grande quantidade de água por isso é considerada diurética.

Rica em cálcio, ferro, fósforo e vitaminas do complexo B.

Mirtilo (ou Bluberry): Poderoso antioxidante. Combate os radicais livres e o envelhecimento. Ajuda na redução de gordura abdominal. Promove  a saúde do trato urinário. Ajuda a preservar a visão. Mantém a saúde do cérebro. Previne doenças cardíacas. Combate células cancerígenas.

 

      Morango: Reduz níveis de colesterol ruim do sangue. Ricos em vitamina C. Evita hemorragias, fragilidade dos ossos e má formação dos dentes. Dá resistência aos tecidos, age contra infecções, além de ajudar a cicatrizar ferimentos. Possui também, em menor quantidade, vitamina B5 (Niacina) e Ferro. A Niacina tem como função evitar problemas de pele e reumatismo. Atenção: O morango é um dos alimentos mais contaminados com pesticidas. Prefira consumir morangos orgânicos.

      Uva: As uvas são ricas em substâncias antioxidantes, que previnem o surgimento de diversas doenças, inclusive o envelhecimento precoce.É fonte de ferro, que constrói a hemoglobina do sangue. Estimula a ação intestinal, limpa o fígado e elimina o ácido úrico do organismo. Rica em resveratrol – composto comprovadamente eficaz na prevenção de doenças crônico degenerativas.

Todas essas frutas podem ser utilizadas como ingrediente para uma infinidade de receitas, desde bebidas até geleias e tortas. Porém, para aproveitar o máximo delas, o ideal é que sejam ingeridas “in natura”.
E aí?! Qual a sua fruta vermelha preferida?

beijinhos
Até amanhã ;D

Fonte: Edson Credidio (Médico Nutrólogo, Dr. em Ciências de Alimentos, Pesquisador da Unicamp, Pós-Doutorando em Alimentos Funcionais e Bioativos, especialista em Gestão da Qualidade e Segurança dos Alimentos, Presidente da Sociedade Brasileira de Nutroterapia Funcional e Dietética; autor com dezoito livros publicados.

– as imagens utilizadas acima são de fontes externas. Se você é fotógrafo ou responsável por agênciar conteúdo fotográfico, que possua os direitos de alguma dessas imagens, e não quer que ela apareça aqui, favor entrar em contato e ela será prontamente removida.

Pin It on Pinterest

Share This