Escolha uma Página

Composição:
Cada comprimido de Jornalismo 500 é composto de 350 mg de cloridrato de paixão, 130 mg de ralaçãomicina e 20 mg de reconhecimentol.


Indicações:
Indicado no tratamento de pessoas que sonham construir um mundo livre e democrático. Também recomendado para casos de paixonite crônica pela escrita e por contar histórias.

Contra-indicações:
Não é aconselhável o uso em pacientes com hipersensibilidade a críticas e perrengues. Deve ser administrado com cautela em pessoas com preguicismo agudo, disfunção do senso de realidade ou estrelíase (alto índice de vaidade no sangue).

Reações adversas:
Gastrite nervosa, envelhecimento precoce, fadiga, problemas de fígado, depressão, euforia, mais depressão, mais euforia, cornitude e ressecamento da conta bancária.

Posologia:
Os comprimidos de Jornalismo devem ser ingeridos por completo. Várias vezes ao dia.

Superdosagem:
Em caso de um tratamento ininterrupto de dois meses, sem folgas, é indicada a sua suspensão para um período de descanso, mesmo que numa terça-feira sem graça.

Advertências:

Este medicamento é contra-indicado em casos de suspeita de rabopresismo.


Este medicamento não deve ser armazenado em redações frescas, com ar-condicionado. Conservá-lo preferencialmente nas ruas, em ambientes nada protegidos.

Este medicamento deve ser mantido fora do alcance de quem lê embalagens de Toddynho.

Pin It on Pinterest

Share This