Escolha uma Página
 
Confira uma entrevista sobre o tema com a dentista Lilian Guedes:
  • O mau hálito atinge apenas pessoas que não cuidam da saúde bucal?
Não. Existem muitas causas é o caso de respiradores bucais e pessoas que tenham problemas crônicos de saúde. 
  • O que é a halitose? Quais as suas causas?
Halitose é o nome dado para o mau hálito. Cerca de 90% das causas estão localizadas na boca, como gengivite, saburra lingual, caseo amigdaliano, periodontite, cáries, pouca salivação, prótese mal adaptada, aparelhos ortodônticos, entre outros. Mas existem outras causas, como diabetes descompensada ou problemas renais, hepáticos e intestinais.
  
  • Como evitar o mau hálito?
Depois de cada refeição, escove os dentes e principalmente a língua; passe o fio dental entre todos os dentes ao menos uma vez ao dia; consuma menos alimentos com temperos de cebola e alho; beba água várias vezes ao dia; evite cigarro e bebidas alcoólicas. Tambénm é importante visitas regulares ao dentista.
   
  • Como fazer a limpeza adequada da língua?
Através de um raspador lingual que é encontrado em grandes redes de farmácias. Coloque a língua para fora da boca e posicione o raspador lá no fundo da garganta. Puxe-o para frente como se estivesse varrendo a língua. Faça isto várias vezes – o suficiente para a língua ficar limpa. Pode ser usado também a própria escova de dentes ou uma colher de sopa.
  
  • Uma alimentação rica em cenoura, maçã e outros alimentos fibrosos auxilia na limpeza dos dentes?
Sim. Esses alimentos removem a “sujeirinha” que esta aderida ao dente durante a mastigação, além de favorecem o aumento do fluxo salivar, o que é muito bom para reduzir as chances de se ter mau hálito.
  

  • Ao acordar todo mundo tem mau hálito. Isso é normal?
Sim. Durante a noite temos uma queda da glicemia e também uma redução da quantidade de saliva causando assim o mau hálito. Mas é só escovar os dentes ou se alimentar que ele logo passa.
  
  • Enxaguatórios bucais ajudam combater o mau hálito?
Os enxaguantes bucais devem ser considerados como coadjuvantes na limpeza bucal. São importantes pois fornecem compostos químicos que auxiliam no combate a cáries e a problemas gengivais. Mas no caso do mau hálito os enxaguatórios apenas servem para “mascarar” o odor desagradável. Quem gosta de usá-los deve optar pelos produtos que não contenham álcool em sua fórmula e composição, pois o álcool contribui para desencadear o mau hálito.
  • Enxaguatórios e antissépticos bucais: qualquer pessoa pode usar ou existe restrições?
Em relação a esses produtos é sempre melhor obter a orientação de um dentista que irá indicar qual é o mais indicado para cada pessoa.
– as imagens utilizadas acima são de fontes externas e não autorizadas. Se você é fotógrafo ou responsável por agênciar conteúdo fotográfico, que possua os direitos de alguma dessas imagens, e não quer que ela apareça aqui, favor entrar em contato e ela será prontamente removida.

 

Pin It on Pinterest

Share This