Escolha uma Página
A partir do ano que vem, meninas de 11 a 13 anos poderão receber a vacina contra o vírus HPV nas escolas e postos de saúde da rede pública. A medida visa reduzir o o risco de as mulheres desenvolverem uma infecção que possa desencadear o câncer de colo de útero.
Entenda os benefícios
Há duas vacinas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa): a quadrivalente, que protege contra o HPV 6, 11, 16 e 18, e a bivalente, contra o 16 e o 18. Ambas previnem lesões genitais pré-cancerosas de colo do útero, região íntima e o próprio câncer do colo do útero, além de verrugas genitais em homens e mulheres.
A vacina intramuscular será aplicada em três doses: a segunda, dois meses após a primeira, e a terceira, quatro meses depois da segunda. 
Em 2014, a imunização deve atingir garotas de 11 a 13 anos e, em 2015, dos 9 aos 11.
Entretanto, nenhuma das vacinas é capaz de reverter a infecção já estabelecida. Por isso a importância de imunizar as meninas ainda bem jovens, antes de terem a primeira relação sexual. 

Pin It on Pinterest

Share This