Escolha uma Página
Você sabe o que é pleonasmo?
Com certeza, em algum momento, pelo mesmo uma vez, você já tenha repetido termos supérfluos e de maneira redundante! Por exemplo, você já usou o termo ‘hemorragia de sangue’, ‘protagonista principal’ ou  ‘vou subir lá em cima’?

Pois bem, você já usou pleonasmo!
Pleonasmo é uma figura de linguagem que se usada incorretamente torna-se um vício de linguagem. O pleonasmo é usado por muitos autores para reforçar uma idéia. Vinícius de Moraes, por exemplo, no “Soneto da Fidelidade”, usou o recurso em “rir meu riso”.

  
As ocorrências de pleonasmo (ou redundância) costumam passar despercebidas aos nossos ouvidos. Alguns termos são tão comuns que parecem corretos. Mas só parecem.

Portanto, atenção para não errar.

 
·         Acabamento final (se é um acabamento, só pode ser final!)
·         Adiar para depois (adiar para antes é impossível!)
·         Cadáver morto (se é cadáver, é porque já está morto!)
·         Cego do olho (se está cego, é do olho!)
·         Certeza absoluta (se uma pessoa tem certeza, ela só pode ser absoluta
·         Conclusão final (se é uma conclusão, só pode ser final!)
·         Conviver junto (se uma pessoa convive com outra, só pode ser junto!)
·         Criar novos (alguém consegui criar algo velho?!)
·         Dar de graça (quem dá, não cobra! Alguém ganha pagando?)
·         Degrau da escada (Não existe uma escada sem degraus.)
·         Descer para baixo (descer para cima é impossível)
·         Elo de ligação (se é um elo, apenas é de ligação!)
·         Encarar de frente (conhece alguém que encara de costas ou de lado?)
·         Entrar para dentro (se está entrando, é para dentro.)
·         Fato real (se é fato, é real!)
·         Fato verídico (se é fato, é verídico!)
·         Ganhar grátis (o que se ganha não se paga, então é grátis!)
·         Goteira no teto (no chão é impossível!)
·         Hemorragia de sangue (hemorragia já é derramamento de sangue!)
·         Introduzir dentro (se alguém souber introduzir fora me avise!)
·         Metades iguais (se são metades, são iguais!)
·         Novidade inédita (se é novo é inédito)
·         Olhar com os olhos (alguém olha com a boca?!)
·         Pessoa Humana (se é pessoa só pode ser humana!)
·         Pisar com os pés (Quem pisa, pisa com os pés!)
·         Prefeito municipal (só existe prefeitos em municípios!)
·         Protagonista principal (se é protagonista, é principal!)
·         Sair para fora (sair para dentro é impossível)
·         Sorriso nos lábios (já viu sorriso em outro lugar?)
·         Subir para cima (Se está subindo só pode ser para cima!)
·         Surpresa inesperada (se é surpresa, logo é inesperada)
·         Um pequeno detalhe (se é detalhe, é pequeno!)
·         Vereador da cidade (vereador é do município!)
·         Viúva do falecido (se é viúva, só pode se do falecido!)

Pin It on Pinterest

Share This