Escolha uma Página
Voltei turminha! 
Durante todas as fases de nossas vidas enfrentamos obstáculos e desafios profissionais e pessoais! Se você tem alguma meta ou objetivo para cumprir, recomendo que leia o texto abaixo! Vai ajudar a desenvolver o seu potencial!   
 Boa leitura = )

Duas palavras que você não deve esquecer em situações do dia-a-dia ou no profissional: conhecer e planejar.

O conhecer permite que você entenda situações com mais facilidade, instigue o pensamento crítico, analise e amplie sua área de informação e observação. Já o planejar possibilita que você avalie a realidade, os caminhos, construa uma meta futura, estruture a forma adequada para concretizar esta meta e reavalie todo o processo a que o planejamento se destina – e sim, você deve usar o seu lado racional. Juntas e bem trabalhadas, estas palavras contribuem para que você desenvolva habilidades, amplie seu campo de visão e pense estrategicamente.

Agora que você sabe o porquê estas palavras são fundamentais, vamos entender como podemos aplicá-las em diferentes situações:

– Quero abrir um negócio próprio: a eficácia neste processo dependerá basicamente da forma que você administrar suas habilidades e souber pensar estrategicamente. Muitos negócios não dão certo devido à falta de organização, conhecimento e preparo. É fundamental identificar quais são as condições para que o resultado final seja positivo. Analisar o mercado, reconhecer competências e necessidades, prever condições críticas e principalmente, saber envolver a equipe que trabalhará com você. Seja líder e não apenas um chefe. Com uma base forte e preparada, seu negócio terá resultados positivos, mas lembre-se: não tenha pressa, mas preparo.

– Quero perder peso: não é uma brincadeira. O objetivo é mostrar que podemos ser estratégicos tanto ao planejar um novo negócio como em algo mais pessoal, como uma dieta, por exemplo. Digamos que você se empolgou com o cardápio de quase todas as datas comemorativas e ficou de luto dos exercícios físicos por tempo indeterminado. Logo, após uma “crise da meia-idade” você decide perder 10kg. A primeira coisa que lhe vem à cabeça é o corpo daquela atriz ou modelo famosa. Aí você decide comprar uma revista de saúde, vai ao supermercado e leva todo o corredor de alimentos diet para casa, faz dietas mirabolantes e conta com a ajuda de algum remédio ou produto revolucionário. Você perderá peso rapidamente? Sim. Tudo? Talvez. Para sempre? Provavelmente não. Estará igual à modelo da capa da revista? Não desanime! Agora vamos fazer um planejamento estratégico em longo prazo, mas com resultados concretos e bem definidos? Então procure um nutricionista, faça as avaliações necessárias, seja crítico e realista, crie uma meta, elabore um cardápio de reeducação alimentar, não use remédios controladores de apetite, entenda os benefícios de cada alimento para que você saiba o que pode ou não comer, organize-se, pense em uma situação problema sobre vários ângulos, ou seja, como ir aquele jantar, festa ou aniversário e se controlar, seja criativo e se posicione – crie estratégias e táticas para que tudo funcione.

Não é fácil, claro. Independente da meta ou situação, obstáculos surgem, mas com ideias definidas, foco, planejamento estratégico e visão ampla, mais fácil será desenvolver todo o seu potencial e manter a sua motivação para alcançar o resultado final, seja na sua vida pessoal ou profissional.
Renata Rezende Cury
Jornalista com MBA em Gestão de Marketing 

Pin It on Pinterest

Share This